top of page
  • Foto do escritorTatiana Esposito

Uma história monstramente criada para ensinar, construir e brincar

A 2ª etapa do Ativamente  tem como tema principal os autômatos, máquinas que realizam movimentos ou tarefas específicas sem baterias ou energia elétrica, apenas utilizam sistemas de engrenagens ou a força humana.


Equipe pedagógica percorre todo o caminho das atividades até a construção de um protótipo.


Para entender como funcionam essas máquinas, desde o conceito, até as engrenagens que impulsionam tais objetos, as atividades foram preparadas de forma bastante lúdica, sempre incentivando a imaginação e a curiosidade dos alunos.


No caso das turmas de 3º e 4º ano, os estudantes irão contar com o Massimo, um monstrinho bem camarada da história ‘Monstramente’. No decorrer da contação da história, aparecem diversas referências aos diferentes tipos de autômatos disponíveis para nosso uso no dia a dia. Conforme a história do monstro Massimo avança, as crianças vão entendendo os princípios fundamentais por trás dessas máquinas e também colocam a mão na massa, dando vida a um protótipo.


A Analista Pedagógica da A Recreativa Educação, Ariane Teixeira, foi a responsável por criar a ‘Monstramente’, história do monstro Massimo. Ela conta que a ideia da equipe pedagógica foi sempre de trabalhar o conceito de autômatos de uma forma lúdica para as crianças. Sendo assim, ao invés de utilizar histórias infantis já escritas, por que não criar uma nova história especialmente para este projeto? E assim foi feito.


“Eu queria um monstro como personagem principal. O título vem de monstro, que virou "monstra" e de "Ativamente", que virou "mente".  Assim, surgiu ‘Monstramente’. A ideia principal era explicar para as crianças o que são autômatos, mostrando como eles estão inseridos na nossa rotina. Por isso, a história toda conta sobre o dia do Massimo e fala da interação dele com autômatos. Estes objetos facilitam a rotina dele, mas na história ele precisa consertá-los quando alguma coisa sai do lugar. Isso também é importante para a narrativa, pois ajuda a abordar o conceito de engrenagens e mostra como é fundamental que as peças estejam todas no lugar certo para que um autômato funcione corretamente”, explica.


Segundo a analista, a história caminha com a apresentação do conceito, tendo sido dividida conforme a necessidade de cada aula. Quando Massimo interage com algum autômato, este objeto é apresentado aos alunos, que aprendem como ele funciona e também como a evolução das ferramentas facilita o trabalho das pessoas. No final desta etapa, os estudantes irão entender o que são autômatos e colocar a mão na massa, construindo o próprio autômato, dando vida ao personagem principal.


Alunos irão construir um autômato ao final desta etapa.


“As crianças, no geral, são familiarizadas com aparelhos tecnológicos, mas não entendem necessariamente o conceito de tecnologia e como se deu a evolução destas máquinas. Didaticamente, buscamos apresentar os conceitos de forma decomposta, para que elas entendam como a evolução tecnológica caminha conforme as necessidades humanas, a partir de protótipos simplificados, até os robôs mais arrojados”, finaliza Ariane.

 

Acontece no Mundo Ativamente

Esse é o Acontece no Mundo Ativamente. Um diário de bordo do projeto “Poços Educação para o Futuro”, que leva a Aprendizagem Criativa do Ativamente para as escolas municipais de Poços de Caldas. Acompanhe nosso blog e participe. :) Sua participação é muito importante para nós e para todos os envolvidos nessa jornada!

 

Comments


bottom of page