top of page
  • Foto do escritorTatiana Esposito

Descobrindo, aprendendo e criando pluviômetros

Atualizado: 22 de mai. de 2023

Dar os primeiros passos no mundo da eletrônica, conhecer e entender sobre o clima e a chuva na região e ainda ter mais conteúdo de matemática, geografia e ciências, conciliando com o que se aprende em sala de aula. Esses foram os objetivos alcançados com sucesso com os projetos dos pluviômetros do Ativamente, voltados para os alunos de 6º ano.




Dedicação dos alunos chamou a atenção, resultados surpreenderam.


Depois de aprenderem sobre os componentes básicos da eletrônica, os estudantes tinham um novo desafio: pesquisar muito sobre clima, medição, previsão de chuva e entender para que serve e como montar um pluviômetro utilizando materiais do dia a dia. Depois, eles precisariam descobrir como os componentes eletrônicos que já vinham estudando poderiam ser inseridos nesse projeto, ‘fazendo tudo funcionar'.


“Logo depois de aprenderem sobre os componentes eletrônicos, mostramos que existe um sentido nesses equipamentos e como e onde podemos utilizá-los no dia a dia. Seguimos para o conteúdo da meteorologia, instruímos os alunos a pesquisarem sobre o assunto para entenderem que o pluviômetro mede a quantidade de chuva e eles aprenderam a fazer o cálculo, aprenderam como funciona a medição, como o pluviômetro age para poder captar a água da chuva. Enquanto pesquisavam, eles também aprenderam sobre a chuva na região, sobre o clima e como operam as estações meteorológicas. Depois foi hora de descobrir como elaborar um pluviômetro utilizando materiais recicláveis e por fim, como conectar os materiais eletrônicos ao projeto para que ele funcione; eles vão entendendo a função de cada componente, como o led, a bateria e o cabo-jacaré. Então, o pluviômetro tem todo um contexto amplo, envolve a interdisciplinaridade, a pesquisa e o aprender brincando”, explicou Laureane Rossi, coordenadora de experiência educacional do Ativamente.


Alunos aprenderam muito com o projeto dos pluviômetros.


A monitora Caroline de Fátima Batista acompanhou e orientou a construção de vários pluviômetros em turmas de 6º ano. Ela destacou a curiosidade dos estudantes que sempre perguntavam: “mas como isso funciona, isso é real mesmo?”. Segundo ela, foram diversos projetos empenhados nas escolas e alguns chamaram a atenção pela dedicação dos alunos e resultados diferenciados.


“Um grupo de alunas projetou um pluviômetro e elas tinham que criar um sistema de alerta onde, assim que a água da chuva chegasse em determinado ponto, avisasse a elas. Mas, elas não tinham como ficar na chuva para verificar isso, então elas desenvolveram um sistema de alerta para que quando a chuva chegasse até o led, ele acendesse. Esse pluviômetro deu super certo, elas utilizaram o cabo-jacaré, utilizaram os materiais do pluviômetro que a gente trabalhou e o toque diferente foi que elas utilizaram um pedaço de arame e uma tampinha de garrafa e isso foi o grande diferencial do projeto delas, fez ele funcionar e nem o led, nem a bateria encostavam na água. Em outra escola, os meninos criaram um sistema colorido para sinalizar a quantidade de água da chuva, isso foi muito bacana, eles criaram um circuito elétrico utilizando resistores, estanho, solda, fizeram isso em casa e também utilizaram os materiais que disponibilizamos, mas o legal é que eles separaram por cor os milímetros de chuva e isso foi incrível”, contou.


Quando criaram o circuito elétrico citado pela monitora, os alunos Kurt, Raidan, Samuel e Guilherme, da Escola Municipal Professora Edir Frayha, tiveram algumas dificuldades para fazer tudo funcionar direitinho. “No final a gente trouxe [o circuito] pra escola, mas vimos que não estava funcionando, mas eu pretendo continuar o projeto, ir tentando e melhorando cada vez mais”, comentou Kurt.


A persistência deu certo e pelo que a monitora contou, o pluviômetro dos meninos funcionou muito bem e com destaque! Muito bacana, né?



Acontece no Mundo Ativamente


Esse é o Acontece no Mundo Ativamente. Um diário de bordo do projeto que leva a Aprendizagem Criativa do Ativamente para as escolas municipais de Poços de Caldas e agora para Vargem Grande do Sul e Boa Esperança. Acompanhe nosso blog e participe. :) Sua participação é muito importante para nós e para todos os envolvidos nessa jornada!



Comments


bottom of page