top of page
  • Foto do escritorTatiana Esposito

Projeto de alunos é finalista do Prêmio Porvir, um dos mais importantes do país

Atualizado: 3 de jul. de 2023

O jornal “Deixa que a gente conta” (saiba mais sobre ele clicando aqui), idealizado, produzido e finalizado pelos alunos do 4º ano da Escola Municipal Maria Ovídia Junqueira, em 2022, em parceria com o Ativamente, é um dos selecionados para concorrer ao Prêmio Professor Porvir, que reconhece professores e práticas pedagógicas criativas, originais e inovadoras, implementadas em escolas de educação básica de todo o Brasil.


Alunos elaboraram jornal em 2022 e agora o projeto concorre ao Prêmio Professor Porvir.


O jornal elaborado pelos estudantes contou com a supervisão das professoras Lilian Kelen Almeida Bernardes e Cristiane Aparecida Félix. A ideia das educadoras foi criar um projeto que unisse tecnologia, produção e interpretação de texto. Habilidades básicas como escutar, falar, ler e escrever foram potencializadas, bem como as socioemocionais como autoconsciência, consciência social, habilidades de relacionamento e tomada de decisão responsável.


“O jornal "Deixa que a gente conta" nasceu com a com a intenção de colocar os nossos alunos como protagonistas, de dar a eles a oportunidade de se expressar dentro dos vários temas que foram abordados, de realmente colocar a mão na massa e não ficar como meros expectadores dentro da sala de aula. Foi incrível mediar esse processo, porque existe a ilusão de que o professor tem que estar o tempo todo como ‘a única voz que fala, o dono da sabedoria’. Quando se trabalha em um espaço que prioriza o aluno como protagonista, onde damos a oportunidade de os alunos mostrarem todo seu potencial, eles nos entregam trabalhos incríveis como este,” destacou Cristiane.


“Nós, como educadoras, fazemos nosso trabalho acreditando na nossa prática e fazendo o melhor dentro das nossas condições. Dessa forma, queríamos fazer algo significativo para os alunos e que eles se sentissem parte e ativos no que iriam fazer. Acreditamos que os alunos estão colhendo o fruto do esforço e dedicação que tiveram ao produzir o jornal, nós apenas fomos mediadoras nessa aprendizagem e com a dedicação dessas turmas tivemos bom êxito no nosso objetivo. De forma geral, a escola apoia e incentiva as práticas de todos os professores, afinal, os projetos têm apenas um objetivo, que é o aluno aprender e se desenvolver. Quando isso acontece, a escola entende que de fato está se efetivando o que a BNCC propõe”, contou Lilian.


As educadoras estão animadas com notícia do projeto estar entre os finalistas. Segundo Lílian, ninguém imaginava que o trabalho seria visto por tantas pessoas e educadores pelo Brasil, já que o portal Porvir tem bastante relevância no que diz respeito à educação. Já para Cristiane, a sensação é inexplicável. Ela acredita que participar do prêmio é como ver o esforço dos alunos sendo reconhecido além dos muros da escola. “Estamos felizes, esperançosas e agradecidas de chegarmos até aqui. Por poder, de modo singelo, incentivar outros professores e mostrar que sim! Dá certo. Saber que a nossa prática está sendo vista além dos muros da escola é realmente gratificante”, comentou Cristiane.


As professoras destacaram ainda a importância desse projeto integrativo com o Ativamente e também como o nosso ecossistema tem sido uma ferramenta importante no aprendizado dos alunos.

“O Ativamente foi uma ferramenta importante no desenvolvimento do projeto, pois o monitor Pablo foi um parceiro e tanto, todas as ideias que tínhamos ele nos orientava e sempre esteve à nossa disposição e dos nossos alunos. O resultado só foi possível porque a equipe que formamos foi maravilhosa: escola, alunos, professoras e Ativamente juntos, podemos dizer que formamos uma equipe top! Não tinha como dar errado”, disse Cristiane.


“De forma geral o Ativamente abriu portas para nós e através dessa parceria estamos concorrendo ao Prêmio. Dessa maneira, agradecemos ao monitor Pablo Barzagli, que colaborou de forma considerável no desenvolvimento do projeto e esteve conosco do início ao fim (dando ideias, ensinando os alunos a redigir e explorar as ferramentas usadas na construção do Jornal) e a todos do Ativamente que acreditaram no projeto”, finalizou Lilian.


Prêmio Professor Porvir


O Prêmio Professor Porvir é uma iniciativa do Instituto Porvir (plataforma de conteúdos e mobilização sobre inovações educacionais do Brasil), que celebra práticas pedagógicas criativas e originais implementadas em todo o Brasil. A ideia é apoiar, conectar e reconhecer professores que fazem a diferença na educação brasileira.


Os autores dos melhores projetos terão suas práticas pedagógicas publicadas em um livro digital e participarão do Festival Porvir, que acontece em São Paulo, em março de 2024. Projetos e práticas podem ser inscritos até o dia 30 de novembro. O anúncio dos vencedores será feito entre 31 de janeiro e 04 de fevereiro de 2024.



O Incrível Livro de Práticas Inspiradoras


Esta prática criada pela equipe pedagógica da Escola Municipal Maria Ovídia Junqueira é mais um estudo de caso do Incrível Livro de Práticas Inspiradoras. Onde compartilhamos práticas inspiradoras de educador para educador. :)


Acompanhe, inspire-se e compartilhe suas práticas também! A educação é um organismo vivo e coletivo, por isso acreditamos em um trabalho em que todos somos criadores e transformadores. E você está convidado para participar desta experiência criativa. Que tal?!


Hozzászólások


bottom of page